domingo, 23 de setembro de 2012

Dica de Filme.../Diários de Motocicleta....

Olá pessoal,

Quem é vivo sempre aparece né, não precisam nem falar, já sei que estou em dívida com vocês minhas amiguinhas queridas, e já adianto que estou com saudades de visitar todas viu...
Como gosto de dedicar um tempo de qualidade ao meu bloguito acabei demorando para vir postar algo, já fiz algumas coisas que não tirei foto(por falta de tempo) e por isso ainda não compartilhei, mas hoje para tirar o atraso não resisti e vim postar sobre um filme que assisti. Meio assim como quem não quer nada, deixei num canal, e  lá estava eu mais pra lá do que pra cá, meio dormindo, quando alguma coisa me despertou do meu quase sono e comecei a prestar atenção no filme: "DIÁRIOS DE MOTOCICLETA", eu já havia ouvido falar nele, sobre alguns prêmios que tinha ganho, mas até então nunca tinha parado para assistir...




Trata-se de dois amigos que saem com uma moto velha capengando para uma "aventura" pela América do Sul  que se transforma em uma lição de vida e muda os planos de um jovem quase formado em medicina...

Descobri muita coisa nesse filme que me deixou boquiaberta, pois em nenhum momento eu achei que se tratasse de uma história real e nem imaginei que o personagem fosse tão conhecido e nem menos suspeitei que fosse um filme dirigido por um brasileiro WALTER SALLES, devido ao filme não ser em português.
Assim que eu gosto, de me surpreender com filmes, tem uns que você não dá nada por ele e quando assiste gosta tanto que sai falando pra todo mundo, rsrsrrsrs  



Consegui captar a transformação no interior do jovem Ernesto, que se sensibilizou com  as coisas que se lhe apresentaram durante sua viagem, o que o motivou a mais tarde se tornar guerrilheiro e defensor do socialismo, aí já entramos num território que precisa ser bem estudado, não tenho uma opinião formada sobre o assunto, mas entendo a motivação que o levou a escolher esse caminho...
Esse jovem revolucionário nada mais é do que o famoso Che Guevara, que a gente cansa de ver estampado em camisetas por aí, uma vez em uma exposição de fotografias, vi fotos de Che Guevara, dentre elas algumas dele já morto e me lembro que fiquei muito comovida pois o achei muito novo e bonito, me lembro de ter pensado assim -"Nossa que pena, que moço bonito, que judiação"- , e essa foi minha primeira impressão sobre essa "figura " para muitos um mito, hoje assistindo ao filme me comovi quando vi que aquele moço bonito e sensível era  aquela figura que me comoveu pela sua beleza e juventude....




Engraçado como tudo nos leva ao conhecimento, gosto muito de aprender coisas novas e conhecer sobre personalidades, talvez seja a vontade que tenho de moldar a minha própria personalidade, julgamos tudo que está a nossa volta sem conhecer a sua essência .
Todos temos nossos  próprios motivos e esses nos levam por caminhos e esses caminhos que abrimos podem levar outras pessoas a trilhá-los, basta desejar que nossos caminhos sejam sempre almejando o melhor que podemos oferecer...

Recomendo, um ótimo filme, vale a pena viu...

Vou ficando por aqui e desejo a todas uma ótima semana tá



Gostei dessa frase, pensando naqueles que pensam no sofrimento dos outros e se compadecem!!!
Beijão...



Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Passe o mouse para ver o recadinho!!!

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.